Curso de verão em Cambridge recebe inscrições para bolsa

Estão abertas até 1 de dezembro as inscrições para o Reach Cambridge, uma competição de essays para alunos do ensino médio. O programa levará dois estudantes que tenham de 15 a 17 anos para cursos de verão na Universidade de Cambridge.

O prêmio concedido aos estudantes cobre as taxas do curso de verão em Cambridge, além de materiais do curso escolhido e passeios culturais. Despesas como passagens aéreas, visto e hospedagem ficam a cargo do participante.

Curso de verão em Cambridge recebe inscrições para bolsa
Curso de verão em Cambridge recebe inscrições para bolsa

Para se candidatar, é necessário escrever uma redação sobre o tema destacado: “in an age of quick and easy global communication, what is the value of face-to-face interaction and learning with students from around the world?”. O texto deve ser redigido em inglês e deve ter, no máximo, mil palavras.

O aluno também precisa encaminhar uma carta de recomendação de um professor, e preencher informações básicas sobre a escola onde estuda, além de histórico de notas. Na segunda fase do processo, os alunos são entrevistados online. Todo o processo de seleção para o curso de verão em Cambridge é feito pelo site do programa.

Entre os cursos de verão ministrados em Cambridge, estão temáticas que vão da literatura às finanças. Para conhecer quais matérias são oferecidas, basta conferir os programas disponíveis.

Sobre a Universidade de Cambridge

A Universidade de Cambridge é a segunda mais antiga em língua inglesa do mundo, fundada em 1209, atrás apenas da Universidade de Oxford. Hoje, a instituição tem mais de 18 mil alunos, sendo cerca de 11.800 na graduação e outros 7 mil na pós, incluindo 1.300 estudantes internacionais, que vêm de 65 países.

A universidade tem 92 ganhadores do prêmio Nobel entre seus ex-alunos, professores e pesquisadores, e é conhecida por ter abrigado os maiores pensadores da história. Ao longo de 800 anos, alguns estudiosos que passaram por lá causaram verdadeiras revoluções na ciência, como Isaac Newton, Charles Darwin e Alan Turing.